TS Noticias Geral
LAPEC
Rossy Moda Masculina
Pizza na Lenha 162 anos de araruama
LAPEC 162 ANOS ARARUAMA
RONE-DIA-DAS-MAES
LAPEC-DIA-DAS-MAES
DIA DAS MAES - DR ARQUIMEDES

Roubos de cabos e bueiros tem solução?

Rio Presente com Antonio Carlos Santos

Por TADEU SERGIO em 18/07/2021 às 00:05:36

OPINIÃO RJ, o Rio de Janeiro vive como todo o país e o mundo uma Pandemia. Paralelamente, a cidade do Rio de Janeiro vive uma Epidemia. Que Epidemia é essa? A de roubos de cabos, de bueiros e de grelhas. Claro que estou me referindo a esse problema como uma epidemia na linguagem popular, porque não estamos falando do surto de uma doença, mas se pensarmos bem se relaciona a dependência química, que é uma doença.

É algo que está escapando do controle das autoridades, mas que ainda dá tempo de controlar. Os ladrões em sua esmagadora maioria são usuários de drogas que buscam no furto desses materiais uma maneira de alimentar seu vício, que as políticas públicas de ajuda aos dependentes não vêm conseguindo ajudar a tratar.

Na outra ponta desse crime, estão os ferros-velhos que compram esses produtos de furto e para esses, não existe outra forma de tratar a não ser com fiscalização eficiente, fechamento e a prisão dos receptadores.

Furtam-se cabos em todo o Estado e a população fica privada de energia, de internet e de telefone. Hospitais já foram fechados pelo roubo de cabos, sinais de trânsito de avenidas movimentadas já deixaram de funcionar pelo furto de cabos e até os trens da Supervia estiveram paralisados por horas e horas em virtude do roubo de cabos. Mais de 90% da população da cidade do Rio convive com quedas de sinal de Internet e telefonia por causa do furto de cabos.

São mais de 6 milhões de habitantes atingidos, em quase toda a capital. Os transtornos à população são enormes e diários e precisam ser combatidos com um pouco mais de empenho.

Se a Polícia Civil, a Polícia Militar e a Prefeitura do Rio fizerem um trabalho contínuo, combatendo com insistência esse tipo de crime, eu tenho certeza de que ao menos haverá uma diminuição dessa questão dos furtos que levam tanto transtorno para a população da Cidade do Rio de Janeiro.

A questão parece difícil, mas não é. Essa situação se resolve seguindo o caminho do ferro e do cobre. Os ferros-velhos compram esse material dos dependentes e moradores de rua, reciclam e negociam para grandes empresários da reciclagem.

O êxito em diminuir radicalmente o roubo de cabos e bueiros se dará quando os ferros-velhos, principalmente os clandestinos, forem fiscalizados e fechados.

Antonio Carlos dos Santos é Secretário de Ordem Pública, Ex-presidente do Detran/RJ, Ex-subsecretário de Estado de Administração e dos Programas Segurança Presente e Lei Seca.

Comunicar erro
LAPEC
Rossy Moda Masculina
TS NOTICIAS
DIA DAS MAES - LAPEC
DIA DAS MAES - consultorio do Idoso
DIA-DAS-MAES-RONEROSSY
TS Noticias Geral
LAPEC
OTICA LIDER
Rossy Moda Masculina